domingo, 29 de março de 2009

Então, o melhor é ficar distante?


Conversando outro dia com uma pessoa amiga (não vou citar nomes, pois esse blog está com muuuita audiência... hahahaha...), papeando como sempre do tipo "oi, td bem? como vai?", ouvi o seguinte: "Nos gostamos, mas nos machucamos sempre. Então, o melhor é ficar distante."
Não, não tem a ver comigo e essa pessoa. E sim com essa pessoa e um outro alguém. Aí comecei a pensar...

Por que duas pessoas que se amam deixam o mundo interferir em suas vidas? E por que machucar um ao outro, sendo que a vida está aí pra ser vivida e bem aproveitada, justamente com quem amamos?

Lembrei de algumas coisas... refleti sobre o passado... histórias minhas e de pessoas que conheço bem... e cheguei à conclusão de que é fato: todo mundo passa por isso uma vez na vida.


Mas por que machucar ou se distanciar de quem você realmente gosta?
Se essa pessoa já tiver uma vida, um casamento, um namoro ou algo que já tenha importância, ok; nada mais correto que se distanciar. É questão de respeito, tanto pra você quanto pras outras pessoas envolvidas.
Mas se ninguém tem nada que realmente "prenda"... qual seria a explicação pra essa distância?

Existem pessoas que, por mais que queiram ficar juntas, não se dão. Ou pelo jeito de um e o outro não aceitar, ou pelo fato dos moldes da criação dada em casa ser levada muito a sério, ou por um brigar demais e o outro não aguentar a barra... existem esses e muitos mais motivos. Mas uma coisa é fato: quem gosta quer estar junto. Aceita. E quem aceita, ao meu ver, é abençoado, pois está apto a mudar seus conceitos, se renovar e mostrar, não pros outros, mas pra si mesmo, que é corajoso o suficiente pra aguentar as consequências.

E outra coisa é fato: pra saber se vai dar certo, você primeiro deve tentar.

Mas, se as duas pessoas estão próximas é tão simples se aceitar e se ajudar! Existem pessoas que quebram as barreiras dos quilômetros, países, continentes... e mesmo assim estão juntas. Unidas por um sentimento e pura sinceridade. E pela vontade... única e exclusiva... de estar próximo.

Proximidade não é necessariamente estar perto. Proximidade é o máximo do querer.
E, enquanto as pessoas deixarem se levar pela "audiência" que há em volta de suas vidas, a única proximidade que fica é aquela na qual cada um se deixa levar.

E você? Está próximo de quem? De quem você realmente gosta?
Primeiro fique mais próximo de você mesmo... o resto é a vida quem trás.


;p

3 comentários:

Elen Posse disse...

a distância é mais prática.
quando não tem que ser, não adianta insistir...

Liz disse...

A pessoa certa é aquela que nos faz bem, que nos dá vontade e motivos para estar sempre ao seu lado. É aquela que temos certeza que, se precisarmos ou não precisarmos, sempre estará lá. É aquela que tem sentimentos puros e de sacanagem. É tudo e é inexplicável!

Jéssica kolomenconkovas disse...

e quando se ama demais alguém mas esse alguém diz sempre "Só posso te oferecer amizade nada mais que isso" o melhor seria se distanciar ? Eh uma incógnita, não da pra saber o que eh melhor... Só sei que muitas vezes a única coisa que precisamos eh de uma chance pra mostrar que sim, pode dar certo.uém diz sempre "Só posso te oferecer amizade nada mais que isso" o melhor seria se distanciar ? Eh uma incógnita, não da pra saber o que eh melhor... Só sei que muitas vezes a única coisa que precisamos eh de uma chance pra mostrar que sim, pode dar certo.